A síndrome do centésimo macaco

A síndrome do centésimo macaco

Havia um conjunto de ilhas habitadas por macacos. Os cientistas introduziram batatas nas ilhas mas nada aconteceu.

Em seguida, treinaram uma macaquinha a extrair a batata do solo, a lavá-la e a comê-la. Passado algum tempo, os outros macacos, começaram a imitá-la e a extrair a batata do solo, a lavá-la e a comê-la. Este comportamento foi-se propagando até que o centésimo macaco adquiriu o novo comportamento.

Nesse momento ocorreu um fenómeno intrigante: os macacos das ilhas vizinhas, onde também tinha sido introduzida a batata, mas nada havia sido ensinado e que não tinham ligação direta com os macacos da primeira ilha, espontaneamente passaram a extrair a batata do solo, a lavá-la e a comê-la…

Isto é conhecido como a síndrome do centésimo macaco. É a crença que temos que quando uma determinada massa crítica de pessoas atinge um novo patamar de experiência, a humanidade como um todo evolui com essa experiência.

Autor: Desconhecido

 

Pense nisso e viva melhor!

Gostou? Então compartilhe com seus amigos nas redes sociais!

Sou autor do site Motivação e Foco, consultor comportamental, apaixonado por gente e pela vida.

Quero trocar experiências e conhecimento com você, deixe seu comentário, envie um e-mail e me siga nas redes sociais.

Não há comentários

Deixe uma resposta