A parábola da pedra preciosa

A parábola da pedra preciosa

Disse Jesus: “O Reino dos céus também é como um negociante que procura pérolas preciosas. Encontrando uma pérola de grande valor, foi, vendeu tudo o que tinha e a comprou”.

RESUMO DA PARÁBOLA

Nesta passagem, Jesus fala de um comerciante de pérolas. Ao encontrar uma pérola de grande valor, aquele homem vende todas as pérolas que possuía e a compra.

O QUE PODEMOS APRENDER

Nesta parábola da pérola preciosa, Jesus indica que todos nós somos aquele comerciante, e a pérola preciosa é o próprio Cristo. Antes de conhecer a Jesus, vemos a nossa vida como se fôssemos donos de pérolas valiosíssimas. Porém, quando nos deparamos com a grande pérola que é Jesus, nosso entendimento muda e passamos a entender que aquilo que nós julgávamos ser precioso, na verdade, não tem valor algum perto da grandeza de Cristo e dos verdadeiros tesouros que Ele pode nos dar.

Quando o homem vende tudo o que tinha para adquirir a pérola mais bonita e mais valiosa, ele reconhece que não há nada melhor e mais importante do que aquela preciosidade. Assim acontece quando recebemos a nossa salvação em Jesus. A alegria toma conta do nosso coração a tal ponto, que o nosso único desejo é desfazer de tudo o que temos, só para termos Cristo conosco.

O apóstolo Paulo, antes de sua conversão, era um homem íntegro, obediente a lei e se considerava um homem justo, mas, depois que Jesus apareceu no seu caminho e ele viu a luz da Sua Glória, ele caiu do cavalo e Jesus se revelou a ele. (Atos 9:3-6). À partir dessa experiência, Paulo entendeu que todo o seu “currículo” social, espiritual e sua justiça própria, não eram nada comparado com o conhecimento que ele teve de Jesus. Veja:

O que para mim era lucro, passei a considerar perda, por causa de Cristo. Mais do que isso, considero tudo como perda, comparado com a suprema grandeza do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor, por cuja causa perdi todas as coisas. Eu as considero como esterco para poder ganhar a Cristo e ser encontrado nele, não tendo a minha própria justiça que procede da lei, mas a que vem mediante a fé em Cristo, a justiça que procede de Deus e se baseia na fé” (Filipenses 3:7-9).

PARA REFLETIR

Aquele comerciante sabia que aquela pérola não era uma imitação; uma peça barata como as usadas nas bijuterias. Eu acredito que antes, ele aprendeu tudo o que foi preciso sobre pérolas, caso contrário, poderia ser enganado com facilidade. O mesmo acontece com a gente. Para conhecer o valor de Jesus Cristo e reconhecer o seu valor, precisamos nos aprofundar no “assunto”. E esse tipo de ensinamento é oferecido através da leitura da Bíblia. Se você não souber de fato quem é Jesus, poderá ser enganado por uma “imitação barata” dEle. Há também os casos daqueles que conhecem o valor de Jesus, mas não têm coragem suficiente para se desfazer das outras pérolas. Veja o caso de um jovem rico:

Jesus olhou para ele e o amou. ‘Falta-lhe uma coisa’, disse ele. ‘Vá, venda tudo o que você possui e dê o dinheiro aos pobres, e você terá um tesouro no céu. Depois, venha e siga-me’. Diante disso ele ficou abatido e afastou-se triste, porque tinha muitas riquezas” (Marcos 10:21-22).

Aquele rapaz queria seguir Jesus, ou seja, ele queria aquela Pérola preciosa para ele. No entanto, ele não estava disposto a abrir mão das suas “pérolas” que eram as suas riquezas materiais.
E você? É como o jovem rico que, mesmo sabendo do valor de Jesus, tem escolhido outras pedras que considera preciosas? Ou você é como o Apóstolo Paulo, que entregou tudo o que tinha para que Jesus fosse o seu único Tesouro?

AGORA É COM VOCÊ

Durante o estudo dessa parábola de Jesus você conseguiu observar mais alguma mensagem? Ela falou ao seu coração de uma maneira especial? O que você aprendeu nessa parábola de Jesus que pode ser aplicado em sua vida?

Mateus 13:45,46

Fonte: http://www.pastorantoniojunior.com.br/esbocos-de-pregacoes/perola-preciosa-parabolas-de-jesus

Sou autor do site Motivação e Foco, consultor comportamental, apaixonado por gente e pela vida. Quero trocar experiências e conhecimento com você, deixe seu comentário, envie um e-mail e me siga nas redes sociais.

Não há comentários

Deixe uma resposta