Os sinais de Deus

Os sinais de Deus

Um velho árabe analfabeto orava com tanto fervor, todas as noites, que o rico chefe de grande caravana resolveu chamá-lo:

– “Por que oras com tanta fé? Como sabes que Deus existe, quando nem ao menos sabes ler”?

– “Sei ler, sim senhor. Leio tudo que o Grande Pai Celeste escreve”.

– “Como assim?”

O servo humilde explicou-se:

– “Quando o senhor recebe uma carta de pessoa ausente, como reconhece quem a escreveu”?

– “Pela letra”.

– “Quando o senhor recebe uma joia, como sabe quem a fez?”

– “Pela marca do ourives”.

– “Quando ouve passos de animais, ao redor da tenda, como sabe se foi um carneiro, um cavalo um boi”?

– “Pelos rastros” – respondeu o chefe, surpreendido com aquele questionário.

O velho árabe convidou-o para fora da barraca e mostrou-lhe o céu.

– “Senhor, aquelas coisas escritas lá em cima, este deserto aqui embaixo, nada disso pode ter sido desenhado ou escrito pelas mãos dos homens”.

Autor: Desconhecido

Pense nisso e viva melhor!

Compartilhe este texto com seus amigos nas redes sociais!

Sou autor do site Motivação e Foco, consultor comportamental, apaixonado por gente e pela vida. Quero trocar experiências e conhecimento com você, deixe seu comentário, envie um e-mail e me siga nas redes sociais.

Não há comentários

Deixe uma resposta