O último conselho de um sábio

O último conselho de um sábio

O discípulo de um filósofo foi procurar seu mestre que estava para morrer e perguntou-lhe:

– Não terias mais alguma coisa a dizer a teu discípulo?

O sábio, então, abriu a boca e ordenou ao jovem que olhasse lá dentro.

– Vês minha língua? – perguntou.

– Claro – respondeu o discípulo.

– E os meus dentes, ainda existem perfeitos?

O discípulo replicou:

-Não…

– E sabes por que a língua sobrevive aos dentes?  É porque é mole e flexível. Os dentes se acabam e caem primeiro porque são duros. Assim aprendeste tudo o que vale a pena aprender. Nada mais tenho a ensinar-te.

Autor: Desconhecido

 

Seja flexível! A dureza do radicalismo não nos leva a lugar algum!

Pense nisso e viva melhor!

Gostou? Então compartilhe com seus amigos nas redes sociais!

Sou autor do site Motivação e Foco, consultor comportamental, apaixonado por gente e pela vida.

Quero trocar experiências e conhecimento com você, deixe seu comentário, envie um e-mail e me siga nas redes sociais.

Não há comentários

Deixe uma resposta