O prognóstico

O prognóstico

Uma jovem mãe, submetida a um tratamento contra câncer, voltou do hospital sem cabelos, por causa da radioterapia, e muito consciente da sua aparência.

Estava sentada na cozinha, quando seu filho apareceu na porta, olhando-a curiosamente.

Quando a mãe iniciou o discurso que ensaiara para ajudá-lo a entender o que via, o menino se aproximou e aconchegou-se em seu colo, quietinho, a cabeça recostada em seu peito.

A mãe acariciou a cabecinha do filho e disse: “Você vai ver como daqui a pouco o meu cabelo vai crescer e eu vou ficar melhor, como era antes. ”

O menininho se levantou, olhou para a mãe pensativo. Com a espontaneidade de seus seis anos, respondeu: “Seu cabelo está diferente, mas seu coração está igualzinho. ”

A mãe não precisava mais esperar por “daqui a pouco” para melhorar. Com os olhos cheios de lágrimas, ela se deu conta de que já estava muito melhor.

Autor: Rochelle M. Pennington

 

Pense nisso e viva mlehor!

Gostou? Então compartilhe com seus amigos nas redes sociais!

Sou autor do site Motivação e Foco, consultor comportamental, apaixonado por gente e pela vida. Quero trocar experiências e conhecimento com você, deixe seu comentário, envie um e-mail e me siga nas redes sociais.

Não há comentários

Deixe uma resposta