O pensamento do filósofo chinês Confúcio

O pensamento do filósofo chinês Confúcio

Confúcio foi um filósofo chinês com tamanha importância que o eco do seu pensamento possui um grande significado desde o ano 535 a.C até aos dias atuais. Ele viveu numa época em que prevaleciam as guerras e o caos. No entanto, ele nunca abandonou os seus esforços para encontrar e proclamar um caminho para superar as dificuldades através do conhecimento.

Quando ele tinha 50 anos, começou a viajar por toda a China. Na sua caminhada, ele revelou o seu pensamento, especialmente na forma de aforismos. A sua influência foi tão grande que logo começou a encher as praças e até mesmo os políticos e homens poderosos da época seguiam os seus ensinamentos.

O pensamento de Confúcio gira em torno da educação como uma fonte de virtudes. Ele prega principalmente três virtudes fundamentais: a Bondade, que gera alegria e paz interior; a Ciência, que permite dissipar as dúvidas; e a Coragem, que afasta todas as formas de medo. Partilhamos aqui algumas dessas frases de Confúcio que continuam válidas até hoje.

As ideias de Confúcio sobre como viver com sabedoria

Uma grande parte da filosofia de Confúcio é dedicada a fornecer cápsulas de sabedoria sobre como viver produtivamente e alcançar as virtudes. No seu pensamento nota-se um espírito tolerante, que defende a reflexão e a moderação no comportamento. Isto está incorporado em ideias como as seguintes:

“Algum dinheiro evita as preocupações; muito dinheiro as atrai”.

“Tudo tem sua beleza, mas nem todos podem vê-la”.

“Quando o objetivo parece difícil, não mude o objetivo; procure uma nova maneira de alcançá-lo”.

“Aquele que domina a sua raiva domina o seu pior inimigo”.

“É melhor acender uma vela do que amaldiçoar a escuridão”.

“A música produz um tipo de prazer sem o qual a natureza humana não pode viver”.

“A vingança perpetua o ódio”.

“Os vícios chegam como se fossem passageiros, visitam-nos como hóspedes e permanecem como donos”.

“Nunca faça apostas. Se sabe que vencerá o outro, é um vigarista… E se não sabe, é um tolo”.

A coerência, uma prova de virtude

No pensamento de Confúcio, aparecem várias referências à importância da coerência entre a forma de pensar, sentir e agir. Ele rejeita a artificialidade, exalta a simplicidade e dá muita importância ao comportamento das pessoas, porque ele revela a validade das palavras.

“O homem superior é modesto na fala, mas excede nas suas ações.”

“A linguagem artificial e um comportamento adulador raramente acompanham a virtude”.

“O tipo mais elevado de homem é aquele que age antes de falar, e pratica o que professa”.

“Conhecer a justiça e não a praticar é covardia”.

“Assim como a água toma a forma do recipiente que a contém, um homem sábio deve adaptar-se às circunstâncias”.

“Dê um peixe para um homem e ele comerá um dia. Ensine-o a pescar e ele comerá por toda vida”.

“A sabedoria preocupa-se em ser lenta nos seus discursos e diligente nas suas ações”.

“Somente os grandes sábios e os tolos são incompreensíveis”.

O relacionamento com os outros

Na filosofia de Confúcio existem muitas reflexões que nos propõem medidas adequadas para um bom relacionamento entre as pessoas. O respeito deve ser a base de qualquer sociedade e a generosidade é um bem máximo, que dá boa sorte e felicidade para aqueles que a praticam. Ele incentiva a ideia de julgar os outros com bondade e manter a harmonia entre as pessoas. Aqui estão alguns conselhos sábios:

“Aquele que procura garantir o bem-estar dos outros já garantiu o seu próprio bem-estar”.

“Exija muito de si mesmo e espere pouco dos outros. Isto vai poupar-lhe muitos desgostos”.

“A natureza faz com que os homens se pareçam uns com os outros e que vivam juntos; a educação torna-nos diferentes e afasta-nos”.

“A natureza humana é boa, e a maldade é essencialmente antinatural”.

“Aquele que quer ser sábio procura a sabedoria em si mesmo; as pessoas comuns a procuram no outro”.

“As deficiências de um homem sempre se encaixam no seu tipo de mente. Observe as suas falhas e conhecerá as suas virtudes”.

“Os jovens e os serviçais são os mais difíceis de controlar. Se os tratar com familiaridade, tornam-se desrespeitosos; se os tratar com distanciamento, ficam magoados”.

Não responda a uma palavra raivosa com outra do mesmo teor. É a segunda, a sua palavra, que certamente os levará ao confronto”.

O conhecimento

A educação e o conhecimento são uma parte essencial da filosofia de Confúcio. Este pensador realmente acreditava que a natureza humana é boa, mas deve ser cultivada e formada para atingir o seu melhor. O conhecimento é um caminho seguro para alcançar a virtude, e a virtude traz paz interior e felicidade. Os seguintes aforismos refletem o seu pensamento sobre o assunto:

“Aquele que sabe o quanto precisa sempre tem o suficiente”.

“Um bom líder sabe o que é verdadeiro; um mau líder sabe o que se vende melhor”.

“O homem que cometeu um erro e não o corrige comete um erro maior”.

“Aquele que de manhã conheceu a verdade já pode morrer ao anoitecer”.

“Um homem nobre tem uma mente aberta e sem preconceitos. O homem inferior tem uma mente tendenciosa e fechada”.

Há três caminhos que nos levam à sabedoria: a imitação, a mais simples; a reflexão, a mais nobre; e a experiência, a mais amarga”.

“A ignorância é a noite da mente, mas uma noite sem lua e sem estrelas”.

(Fonte: amenteemaravilhosa)

Pense nisso e viva melhor!

Compartilhe este texto com seus amigos nas redes sociais!

Sou autor do site Motivação e Foco, consultor comportamental, apaixonado por gente e pela vida. Quero trocar experiências e conhecimento com você, deixe seu comentário, envie um e-mail e me siga nas redes sociais.

Não há comentários

Deixe uma resposta