O livro de metas de Glenna

O livro de metas de Glenna

Em 1977 eu era uma mãe solteira com três filhas pequenas para criar, as prestações de uma casa e de um carro para pagar e uma necessidade de recuperar alguns sonhos.

Certa tarde, assisti a um seminário e ouvi um homem falar sobre o princípio do I + N = R (Imaginação mais Nitidez igual a Realidade). O orador mostrava que a mente pensa em imagens, e não em palavras. E que se fotografarmos em nossas mentes o que desejamos, isso se tornará realidade.

Esse conceito acendeu uma veia criativa em meu coração. Eu conhecia a verdade bíblica de que Deus nos proporciona “os desejos de nosso coração” (Salmos 37:4) e que “um homem é o que pensa em seu coração” (Provérbios 23:7). Estava determinada a tomar minha lista escrita de orações e transformá-la em imagens. Comecei a recortar velhas revistas e a reunir fotografias que ilustrassem os “desejos de meu coração”. Eu as organizei num caro álbum de fotografias e esperei ansiosamente.

Minhas imagens eram bastante específicas. Elas incluíam:

Um homem bonito.

Uma mulher vestida de noiva e um homem de smoking.

Buquês de flores (sou romântica).

Belas joias com diamantes (eu pensei: Deus amava David e Salomão, e eles foram duas das pessoas mais ricas que já existiram).

Uma ilha no azul cintilante caribenho.

Uma linda casa.

Mobília nova.

Uma mulher que recentemente se tornara vice-presidente de uma grande empresa. (Eu trabalhava para uma empresa que não tinha mulheres como diretoras. Queria ser a primeira mulher vice-presidente daquela empresa.)

Cerca de oito semanas depois, estava dirigindo numa auto-estrada na Califórnia, pensando na vida, às 10:30 da manhã. De repente um lindo Cadillac branco e vermelho passou por mim. Olhei para o carro porque era um carro bonito. O motorista me olhou e sorriu, e eu correspondi porque sempre sorrio. Aí me vi em má situação. Alguma vez você já fez isso? Tentei fingir que não tinha olhado. “Quem, eu? Eu não olhei para você!” Ele me seguiu durante quinze minutos. Quase morri de medo! Dirigi algumas milhas, ele dirigiu algumas milhas. Estacionei. Ele estacionou…e, finalmente, me casei com ele!

No dia seguinte ao nosso primeiro encontro, Jim me enviou uma dúzia de rosas. Então, descobri que ele tinha um passatempo. Seu passatempo era colecionar diamantes. Dos grandes! E ele estava procurando alguém para embelezar! Eu me ofereci! Namoramos durante mais ou menos dois anos e todas as segundas-feiras eu recebia dele uma rosa vermelho de caule longo com uma mensagem de amor.

Cerca de três meses antes de nos casarmos, Jim me disse: “Descobri o lugar perfeito para irmos em nossa lua-de-mel. Iremos à Ilha de St. John, no Caribe.”

E eu disse risonhamente: – Eu jamais teria pensado nisso!

Só confessei a verdade sobre meu livro de imagens quando eu e Jim já estávamos casados há quase um ano. Foi quando estávamos nos mudando para nossa nova e linda casa e mobiliando-a com a elegante mobília que eu havia imaginado. (Jim era distribuidor atacadista, na Costa Oeste, do fabricante de uma das mais belas linhas de móveis.)

Por falar nisso, o casamento foi em Laguna Beach, Califórnia, com o vestido de noiva e o smoking de verdade. Oito meses depois de eu Ter criado meu livro de sonhos, tornei-me vice-presidente de Recursos Humanos da empresa onde trabalhava.

De certo forma, isso soa como um conto de fadas, mas é absolutamente real. Jim e eu fizemos muitos outros “livros de imagens” desde que nos casamos. Deus preencheu nossas vidas com demonstrações desses poderosos princípios de fé no trabalho.

Decida o que quer em cada área de sua vida. Imagine nitidamente. Então, represente seus desejos criando seu próprio livro de metas.

Transforma suas ideias em realidades concretas através deste simples exercício. Não há sonhos impossíveis. E, lembre-se, Deus prometeu dar a seus filhos os desejos de seus corações.

Autor: Glenna Salsbury

(Texto extraído do livro “Canja de Galinha para a Alma”, Jack Canfield & Mark Victor Hansen, Ediouro)

 

Pense nisso e viva melhor!

Gostou? Então compartilhe com seus amigos nas redes sociais!

Sou autor do site Motivação e Foco, consultor comportamental, apaixonado por gente e pela vida. Quero trocar experiências e conhecimento com você, deixe seu comentário, envie um e-mail e me siga nas redes sociais.

Não há comentários

Deixe uma resposta