O caminho do meio

O caminho do meio

O monge Lucas, acompanhado de um discípulo, atravessava uma aldeia. Um velho perguntou ao asceta: “Santo homem, como me aproximo de Deus?”

“Divirta-se. Louve o Criador com sua alegria”, foi a resposta.

Os dois continuaram a caminhar. Neste momento, um jovem aproximou-se.

“O que faço para me aproximar de Deus?”

“Não se divirta tanto”, disse Lucas.

Quando o jovem partiu, o discípulo comentou: “parece que o senhor não sabe direito se devemos ou não devemos nos divertir”.

“A busca espiritual é uma ponte sem corrimão atravessando um abismo”, respondeu Lucas. “Se alguém está muito perto do lado direito, eu digo ‘para a esquerda!’ Se aproximam-se do lado esquerdo, eu digo ‘para a direita!’. Os extremos nos afastam do caminho”.

(Paulo Coelho)

Pense nisso e viva melhor!

Compartilhe este texto com seus amigos nas redes sociais!

Sou autor do site Motivação e Foco, consultor comportamental, apaixonado por gente e pela vida.

Quero trocar experiências e conhecimento com você, deixe seu comentário, envie um e-mail e me siga nas redes sociais.

Não há comentários

Deixe uma resposta