Fuja para dentro

Fuja para dentro

Aconteceu que um mestre Zen dava uma palestra para um grupo de pessoas quando, de repente, houve um terremoto. Os ouvintes, apavorados, tentavam escapar, correndo e procurando a saída. Todos se moviam rápida e nervosamente, exceto o mestre. De olhos fechados, ele continuou sentado no mesmo lugar.

Passados alguns momentos, a terra parou de tremer, o mestre abriu os olhos e continuou a palestra, retomando-a como se nada houvesse acontecido.

Absolutamente perplexo diante do comportamento imperturbável do mestre, o anfitrião perguntou:

– Gostaria de fazer uma pergunta. Nós todos tentamos fugir. O que aconteceu a você?

O mestre respondeu:

– Eu também fugi… só que enquanto vocês fugiram para fora, eu fugi para dentro! Sua fuga é inútil porque para onde quer que você esteja indo lá também há um terremoto, então é sem sentido. Você pode alcançar o sexto andar ou quinto ou o quarto, mas lá também há um terremoto.

– Eu fugi para um ponto dentro de mim onde nenhum terremoto jamais pode chegar. Porque entrei no meu próprio centro.

Autor: Desconhecido

 

Quando vierem os problemas fuja, no entanto, que esta fuga seja para dentro de si mesmo, pois, lá eles não te encontrarão!

Pense nisso e viva melhor!

Gostou? Então compartilhe com seus amigos nas redes sociais!

Sou autor do site Motivação e Foco, consultor comportamental, apaixonado por gente e pela vida.

Quero trocar experiências e conhecimento com você, deixe seu comentário, envie um e-mail e me siga nas redes sociais.

Não há comentários

Deixe uma resposta