A fábula da Coruja e a Águia

A fábula da Coruja e a Águia

Conta-se que a Dona Coruja encontrou a Dona Águia, e disse-lhe: – Olá, Dona Águia, se vires uns passarinhos muito lindos em um ninho, com uns biquinhos muito bem feitos, olha lá não os comas, que são os meus filhos! A águia prometeu-lhe que não os comeria e saiu voando; logo encontrou numa árvore um ninho, e comeu todos filhotes.

Quando a coruja chegou e viu que lhe tinham comido os filhos, foi ter com a águia, muito aflita:

– Ô, Dona Águia, tu foste-me falsa, porque prometeste que não comeria meus filhinhos, e mataste-os todos! Ao que lhe respondeu a águia:

– Eu encontrei uns pássaros pequenos num ninho, todos feios, depenados, sem bico, e com os olhos tapados, e comi-os; e como tu me disseste que os teus filhos eram muito lindos e tinham os biquinhos bem feitos, entendi que os teus não eram esses.

– Pois eram esses mesmos, lamentou-se a coruja.

– Pois, então, queixa-te de ti mesma, que é que me enganaste com a tua cegueira.

Seja realista e não cegue para a realidade!

Pense nisso e viva melhor!

Compartilhe este texto com seus amigos nas redes sociais!

Sou autor do site Motivação e Foco, consultor comportamental, apaixonado por gente e pela vida. Quero trocar experiências e conhecimento com você, deixe seu comentário, envie um e-mail e me siga nas redes sociais.

Não há comentários

Deixe uma resposta