A mente precisa de ser desafiada todos os dias

A mente precisa de ser desafiada todos os dias

A mente, muito mais do que o corpo, precisa de ser desafiada todos os dias. Se possível com treinos bi ou tridiários.

Sair da cama sem identificar a razão pela qual acordamos maldispostos, passar horas a julgar este e aquele sem conhecer verdadeiramente ninguém ou a contestar o emprego que nós próprios escolhemos e ir para a cama enjoados com o dia que tivemos, são razões mais do que suficientes para nos questionarmos.

A soma de não sei quantos dias assim, e acredita que se não for o teu caso é a situação da maioria das pessoas, resultará indubitavelmente em estados depressivos e de enfermidade precoce.

Não podes continuar a aceitar a dor sem que faças nada para a curar e é por isso, por desejar profundamente o teu reencontro contigo e com a tua verdadeira realidade, que te grito: “HÁ SOLUÇÃO!!!” E a solução passa por identificares o artista que há em ti, pois treinar a mente é meramente uma arte.

Até se atingir o estatuto de comandante da nossa vida e a tão pretendida velocidade cruzeiro naquele que é o oceano da nossa mente é necessário um altíssimo nível de concentração e criatividade.

Precisas de estar sempre alerta e altamente focado no que a tua mente te sugere para depois, se ela se armar em esperta, teres a audácia de criar constantemente subterfúgios aliciantes por forma a baralhá-la.

É aí, nesse momento de maior vulnerabilidade da dita, que se torna fundamental entrares em controlo fazendo dela o que verdadeiramente desejas, para que, por último, possas usufruir da possibilidade de tirares o maior partido de uma mente bem orientada.

Autor: Gustavo Santos, in ‘Agarra o Agora’

 

Pense nisso e viva melhor!

Gostou? Então compartilhe com seus amigos nas redes sociais!

Sou autor do site Motivação e Foco, consultor comportamental, apaixonado por gente e pela vida. Quero trocar experiências e conhecimento com você, deixe seu comentário, envie um e-mail e me siga nas redes sociais.

Não há comentários

Deixe uma resposta