9 Ensinamentos do Budismo para uma vida leve

9 Ensinamentos do Budismo para uma vida leve

O Budismo dá lições importantes para quem deseja viver melhor. Um dos principais ensinamentos dessa filosofia milenar é: a felicidade está dentro de nós e não nas coisas materiais.

“Hoje, o nosso foco está muito virado para o mundo externo e esquecemo-nos de cuidar da nossa mente, que, ao contrário do corpo, não tem limites”, diz a monja Mudita, do Centro de Meditação Kadampa Mahabodhi. Segundo ela, para viver de maneira leve é preciso parar, respirar e reflectir sobre os próprios sentimentos. Faça isso sempre que estiver vivendo um momento menos bom. De seguida, nove ensinamentos de Buda que podem melhorar muito a sua vida!

 

  1. CONTROLE A SUA MENTE

A felicidade e o sofrimento não estão nas coisas em si, mas na forma como nos relacionamos com elas, diz a monja Mudita. Quando está  serena, nada a tira do sério. Segundo o Budismo, pensar de maneira mais positiva manda os problemas para longe.

 

  1. OLHE AO REDOR COM AMOR

Tudo depende das pessoas para existir: até mesmo a cadeira que a deixa mais confortável. É preciso olhar para o outro sabendo que, com certeza, ele fez algo de bom. Isso faz-nos perceber que vivemos numa imensa rede de bondade, respeito e amor!

 

  1. SEJA DONA DA SUA FELICIDADE

Quando temos boas ações, plantamos sementes que vão florescer em felicidade. O mesmo se aplica às ações negativas. Devemos perceber que somos portadoras da própria felicidade. Isso nos faz refletir antes de agir, pensar e falar.

 

  1. ALEGRE-SE PELOS OUTROS

Quem nunca invejou a sorte da amiga que ganhou uma promoção no trabalho? Tente reverter esse sentimento. “Buda diz que alegrar-se com a felicidade do outro faz com que tenha essa felicidade no futuro também”, afirmou a monja.

 

  1. PRATIQUE O DESAPEGO

Uma das principais lições do Budismo é praticar o desapego. “O apego é uma mente egoísta que faz pensar só em si mesma e não no outro, além de gerar sofrimento caso perca o que tanto estima”, fala Mudita.

 

  1. VIVA CERCADA DE GENTE DO BEM

Tenha por perto amigos que fazem florescer o seu lado bom. E não deixe que gente estressada a faça perder a fé na vida. “Deseje o bem a elas e peça que consigam libertar-se desse estado negativo”, ensina Mudita.

 

  1. SÓ VÁ ATÉ ONDE DER

Segundo a monja, é importante buscar locais que a deixem confortável e feliz. Por que arriscar-se num parque de diversões se os brinquedos causam medo em si? “É preciso descobrir o que nos faz bem ou não”, explica. Não tenha dúvidas de que respeitar os seus limites deixará mais leve!

 

  1. ELIMINE A RAIVA DA SUA VIDA

Enquanto a sua mente estiver tomada pela raiva, será difícil encontrar a felicidade. O Budismo ensina a aprimorar a virtude da paciência, da compaixão e do amor. Assim, não haverá espaço para esse sentimento.

 

  1. CONTROLE AS SUAS EXPECTATIVAS

Manter os pés no chão é um bom caminho para viver melhor: quem tem muitas expectativas tem mais oportunidade de sentir frustração, o que gera sofrimento. Viva em equilíbrio e deixe a vida fluir. “Tudo é impermanente neste mundo”, diz Mudita. Um “não” agora pode transformar-se num “sim” amanhã.

Pense nisso e viva melhor!

Compartilhe este texto com seus amigos nas redes sociais!

Sou autor do site Motivação e Foco, consultor comportamental, apaixonado por gente e pela vida. Quero trocar experiências e conhecimento com você, deixe seu comentário, envie um e-mail e me siga nas redes sociais.

Não há comentários

Deixe uma resposta